AbbrA 

 
   

A Arte de Viver

Abbra               - A Arte de Viver  -  10.500 páginas visitadas por dia                -  Fotos inéditas de paisagens, flores, animais, casas e               pessoas. Um verdadeiro albúm da natureza...

Valmor  Vieira

    

Principal

       

Magia

Talismã sagrado
Tarô
Kama Sutra
Cromoterapia
Numerologia
I Ching
Sonhos Lúcidos
Orações e preces
Cristais e pedras
Objetos mágicos
Auto-afirmações
Outros temas
Enigmas
Religiões
         

Capacitação

Vivências
Jogos
Cursos
Conferências
Palestras
Livros
         

Filosofia

Fábulas
Mensagens 
Citações
Poesias 
        

Humor

Cartum
Causos
Piadas
      

Conheça-me

O que dizem..
A sua opinião
Contato

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sic volo, sic jubeo, sic pro ratione voluntas

 

Uma viagem

inesquecível

 

    

Saimos de Curitiba no dia 30/nov/2004 às 8:00h para conhecer os quatro países: Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai.  Zeramos o odômetro (Km 0). Pegamos a BR 101 e fomos até Camaquã (Km  902), próximo à Pelotas no RS.

Para conhecer mais detalhadamiente os lugares visitados, clique nos links em vermelhos abaixo.

             

        
No dia seguinte (01/dez/2004) seguimos até a Reserva do Taim  (Km  1.230), 200 km ao sul de Pelotas. É uma região de grande beleza com muitos pássaros e animais, bem ao lado da BR 471. Tocamos em frente e chegamos ao Chuí (Km 1.470), que é o ponto mais extremo do sul do Brasil e faz divisa com o Uruguai.

        

                       
Dia 02/dez/2004 entramos no Uruguai  e fomos conhecer Punta del Este ( Km 1.625), um dos mais badalados balneário da América do Sul. Visitamos a cidade com suas belíssimas casas e seguimos para Montevidéu (Km 1.847) à tarde. 
                   

                     
 Em Montevidéu, ainda no dia 02/dez, conhecemos o centro e os principais bairros.

Dia 03/dez/2004 partimos em direção à cidade de Colônia del Sacramento (Km  2.000), de onde atravessamos pelo BUQUEBUS até Buenos Aires. O BUQUEBUS é um barco ultra veloz que faz a travessia de 60 km em apenas 1 hora. Tem capacidade para 70 carros e aprox. 400 pessoas. É bastanmte caro (US$ 50/carro e US$ 40/pessoa). Tem outro mais lento (3 horas) e que custa a metade do preço.

                      
   
Chegamos à Buenos Aires às 18:30 h, sexta-feira, na hora de movimento máximo. Nada conhecia, não sabia para onde ir e sem um peso no bolso. Acabei pegando uma auto pista pedagiada. Tive sorte, pois a alguns metros do pedágio tinha um posto de gasolina, onde pedi informações e o dono me deu um peso para pagar o pedágio.
   
        
 Ficamos em Buenos Aires três dias e conhecemos o centro e os bairros da Ricoleta, Puerto Madeiro, El Caminito, o campo de futebol La Bomboneira do Boca Junior e, é claro, fomos a um show de tango.

        

          
 Dia 06/dez/2004 partimos em direção à cidade de Mar del Plata (Km  2.491). Não gostamos da praia de Mar del Plata, pois tem uma areia muito suja. Seguimos em frente e chegamos a pequena cidade ou vila de Pedro Luro (Km  3.111),  para repousar.
   
   

   
Dia 07/dez/2004 logo cedo saímos em direção à Península Valdez. Pelas Estradas da Argentina encontramos curiosidades e beleza, como esta flor no meio das extensas plantações de trigo ou a homenagem ao Gauchito Antônio Gil. Estes ofertórios se encontra ao longo de todas as rodovias da Argentina.
                           

                   
Após Viedma passamos rapidamente pelo balneário Las Grutas e finalmente chegamos a Península Valdez, mas especificamente em Puerto Piramides (Km  3.921) onde ficamos.
      

   

Em Puerto Piramides, curtimos um delicioso jantar de frutos do mar e um belo por do sol. No dia seguinte fomos de barco ver baleias franca, depois os leões marinho e finalmente os ninhos de pinguins. A tardinha partimos para Rawson (Km  4.235).onde pernoitamos

    
 
Dia 09/dez/2004 saímos de Rawson para  cruzar o desrto da Argentina. Imensos paredões no caminho. Chegamos a tardinha em Bariloche (Km 5.152).
    
 
Conhecemos a bela e aconchegante San Carlos de Bariloche e fomos até o Cerro Otto, onde almoçamos no Restaurante giratório. A cada 20 minutos ele dá um giro de 360 graus. É muito legal se estar olhando as montanas geladas, depois os lagos e em seguida a cidade sem sair do lugar. Vale a pena conferir.
   

     
Dia 10/dez/2004 saímos de  Bariloche. A entrada e a saída de Bariloche são realmente belas, com a vistas do lago, montanhas geladas e paisagens floridas. Cruzamos a fronteira com o Chile e no mesmo dia chegamos em Puerto Varas (Km 5.521).
   

   
Dia 11/dez/2004 em  Puerto Varas fomos até a estação de esqui no majestoso Volcano Osorno. Foi preciso engatar 4x4 para chegar até lá. Depois fomos ao belo Salto Petrohue com suas águas maravilhosamente verde com o Volcano Osorno ao fundo.
   
   
Puerto Varas é conhecida como cidade das rosas. São belas e imensas rosas. Visitamos a cidade de Puerto Montt, onde no Mercado Municipal compramos cereja a preço de banana e salmão a US$ 2,00/kg. Compramos um vinho chileno e fizemos um belo e delicioso jantar na nossa cabana.
   
   
Dia 12/dez/2004 saímos de Puerto Varas em direção a pequena, bela e encantadora Pucón (Km 6.067)., que fica aos pés do Volcano Villarrica.  O Volcano Villarrica é o mais ativos da América do Sul.
   

   
Dia 13/dez/2004 chegamos à Santiago (Km 6.917). Ficamos na cidade por dois dias. Conhecemos a famosa Vinícola Concha Y Toro, o centro e principais bairros, o Cerro San Cristóbal, onde se tem uma bela vista da cidade. Comemos no Mercado Municipal. Infelizmente devido a época, não foi possível conhecer o Vale Nevado.
   

   
Dia 15/dez/2004 à tardinha saímos de Santiago com destino a Valparaíso (Km 7.060), onde pernoitamos. No dia seguinte conhecemos a famosa Viña del Mar  e depois partimos para atravessar a Cordilheira dos Andes.
   

   
O visual da Cordilheira dos Andes. é fantástico. Do lado chileno é uma subida íngreme com terra e pedra solta nas encostas. Do lado argentino observa-se um belo colorido nas montanhas. Chegamos á noite em Mendonza (Km 7.497).
   
   
No dia 16/dez/2004 saimos de Mendonza e encontramos muita uva pelo caminho.
   
   
Pousamos na cidade de San Francisco (Km 8.297), próximo á Santa Fé. No dia seguinte só viajamos e chegamos a cidade de Formosa (Km 9.194).
   
   
No dia 19/dez/2004 conhecemos Assunção (Km 9.353) no Paraguai. Visitamos o centro e passamos pelo Shopping Center onde teve o incêndio que matou  mais de uma centena de pessoas. Em seguida partimos para Fóz do Iguaçú (Km 9.713), ficando dois dias para fazer compra. Chegamos em São Mateus do Sul (Km 10.364) no dia 21/dez/2004 às 21:00 horas.

Clique aqui e veja também  outros lugares especias que visitei.

Veja abaixo o mapa de todo o trajeto e as dicas para uma longa viagem de carro como esta.

   

   

Clique aqui e veja também  outros lugares especias que visitei.

Dicas importantes:

 Estas são algumas dicas  que julgo importante para o exito de uma  longa viagem de carro como esta que acabei de descrever:

Preparação:

  • 1 - Compre um mapa detalhado da região e estude o roteiro com muita antecedência. Consulte amigos e pesquise na internet;
  • 2 - Avalie a época do ano mais adequada para seu objetivo;
  • 3 - Faça um planejamento dos gastos. Eu costumo dividir em partes mais ou menos iguais os itens: hospedagem, alimentação, combustível, passeio, compras e outros itens. Cada um representa aproximadamente 16 % dos gastos;
  • 4 - Faça o seguro do carro. No Brasil o seguro também vale para o Mercosul. Faça uma extensão de perímetro para o Chile. Normalmente não tem custo. Faça a carta verde (seguro contra terceiros - aprox. US$ 28,00/mes). O Banco do Brasil faz este seguro no mesmo dia da solicitação;
  • 5 - Faça uma revisão geral no seu carro, na sua cidade e no mecânico que você confia. Faça isto com uns 15 dias de antecedência para verificar se está tudo OK;
  • 6 - O documento do carro deve estar regularizado e no seu nome. Não pode ser alienado;
  • 7 - Veja se a sua carteira de motorista e o seu passaporte (ou RG) estão OK. Se não tiver passaporte tem que ter RG. A carteira de motorista não é aceita como RG.
  1. 8 - Compre mais um triangulo e um kit de primeiros socorros com alguns medicamentos básicos para levar no carro. Não se esqueça de checar a validade do extintor de incêndio;
  2. 9 - Habilite seu cartão de crédito para saque e pagamento no exterior. Você pode fazer esta habilitação diretamente num caixa eletrônico de seu banco;
  3. 10 - Leve um terço das despesas previstas em dólares americano. Leve-o numa bolsa aderente ao corpo;
  4. 11 - Conheça algumas palavras do idioma local. Se possível compre um dicionário de bolso;
  5. 12 - Tenha uma máquina fotográfica digital com um cartão de memória no mínimo de 128 MB;
  6. 13 - Se possível faça a viagem com outro amigo. Dois veículos dá mais  confiança. Eu fiz sozinho.

Durante a viagem:

  • 1 - Não viaje a noite;
  • 2 - Não reserve hotel, principalmente se for após longo trajetos. Assim você pode parar a qualquer momento quando estiver cansado;
  • 3 - Evite cidades grandes. Se for necessário, procure chegar aos fins de semana ou no horário de pouco movimento;
  • 4 - Ande sempre com o tanque o mais cheio possível;
  • 5 - Carregue sempre uma quantia da moeda local para qualquer eventualidade;
  • 6 - Tenha sempre a máquina fotográfica a mão;
  • 7 - Curta a viagem ao máximo. Não dirija cansado ou estressado.
  • 8 - Cuidado com o sinal para permitir ou não ultrapassagem. Jamais dê sinal, pois você poderá causar um acidente. A convenção é o contrário da que utilizamos no Brasil.

Clique aqui e veja também  outros lugares especias que visitei.

Veja também:

Fernando de Noronha: O paraíso brasileiro retratado em belas e inéditas fotos 
Natal: A mais bela capital do nordeste do Brasil
Florianópolis: A cidade onde nasci. A bela e inesquecível Floripa
Rio de Janeiro: A cidade cartão postal e a mais conhecida do Brasil
Pantanal: As belezas selvagens em todo o seu esplendor
Chapadas brasileiras: Rios, cachoeiras, grutas e cavernas das Chapadas
Bonito: Os mais claros rios do país com seus belos peixes
Nordeste: Beleza e praia o ano inteiro no litoral do nordeste

Litoral Sul do Brasil:

A beleza do litoral sul do Brasil, de Torres a Florianópolis
Urubici: A geada, neve e as belezas naturais da serra catarinense
Gramado e Canela: A serra gaúcha, a cultura alemã, a região das hortênsias
Vila Velha: As mais belas formações rochosas. A arte da natureza
São Mateus do Sul: A cidade onde moro. A capital do xisto e da erva-mate

         
Home
        

Álbum

Paisagens
Pessoas 
Flores
Animais
Moradas
       

Viagens

Brasil

Fernando Noronha
Natal
Florianópolis
Pantanal
Chapadas
Bonito
Nordeste
Litoral Sul
Bahia
Rio de Janeiro
Gramado
Urubici
Vila Velha
São Mateus Sul 
Outros

Peru

Machu Picchu
Cuzco
Nazca
Puno
Pisco
Lima

Bolívia

Tiahuanaco
Ilha do Sol
La Paz

Oriente Médio

Istambul
Jerusalém
Radical
         

TC