AbbrA

A Arte de Viver                                   Valmor  Vieira

    

Principal

       

Magia

Talismã sagrado
Tarô
Kama Sutra
Cromoterapia
Numerologia
I Ching
Sonhos Lúcidos
Orações e preces
Cristais e pedras
Objetos mágicos
Auto-afirmações
Outros temas
Enigmas
Religiões
         

Capacitação

Vivências
Jogos e testes
Cursos
Conferências
Palestras
Resumos de livros
Dicas especiais
         

Filosofia

Fábulas
Mensagens 
Citações
Poesias 
        

Humor

Cartum
Causos
Piadas
      

Conheça-me

O que dizem..
A sua opinião
Contato
       

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sic volo, sic jubeo, sic pro ratione voluntas

Tiahuanaco 

 

 

1. Localização

Tiwanaku ou Tiahuanaco se localiza a 70 km de La Paz na Bolívia, a uma altura de 3845 metros acima do nível do mar. Chega-se a Tiahuanaco a partir La Paz em micro ônibus, através de qualquer agência de turismo de La Paz, em apenas uma hora e meia de viagem.

 

 

2. História

Tiwanaku é considerada como a cultura mais importante do período pré-colombiano no turismo boliviano. Geograficamente se expandiu até as costas do Pacífico, sul do Peru, norte da Argentina e provavelmente as terras baixas orientais. O nome original era Tapy K'ala (Povo da Pedra Central). O nome de Tiwanaku (lugar dos animais) foi dados pelos incas quando chegaram a região e o povo a qual pertencia esta cultura extinta passou a ser chamado de tiahuanakotas ou simplesmente tiahuanaco, como hoje é conhecido.

Sua localização tem uma forte razão, conforme pode ser observado pela figura abaixo.

O quadro a seguir apresenta a evolução da cultura na região até os dias de hoje:

Cultura Fase Época
Tiwanaku Aldeano 1500aC - 45dC
Urbano Clássico 45dC - 700dC
Expansivo 700dC - 1180dC
Mollos       1180dC - 1350dC  
Lupakakas
Aymaras
Outros
Incas       1350dC - 1540dC
Colônia         1540dC - 1820dC
República      Bárbara.... 1820dC até hoje

A queda de Tiwanaku se deu devido a três causas principais:

  • 1. Lutas internas pelo poder devido a ausência das autoridades que se deslocavam para as novas conquistas;

  •  

  • 2. Seca prolongada na região que durou 5 anos e

  •  

  • 3. Enchente do Lago Titicaca (ou Titikaka), cujo nível subiu 50 metros, alagando templos e habitações. 

O Lago Titikaka ficou alagado no período de 1180dC a 1205dC. Esta cheia se deu devido a alta temperatura que derreteu as neves das montanhas e principalmente pela grande quantidade de chuvas que caiu na região. O piso atual de Tiwanaku está com 3 metros de depósito do Lago Titikaka. 

Com a decadência dos tiwanakotas surgiram os mollos, lupakas, aymaras e outras culturas. Assim, pode-se dizer que os tiwanakotas foram os avós dos incas.

3. Preços

Os preços são individuais, exceto quando explicitado o contrário.

  • - Visita a Tiwanaku (a partir de La Paz)      - US$ 10,00

  • - Entrada no Museu de Tiwanaku               - US$  3,00

  • - Almoço em Tiwanaku                             - US$  3,00

  • - Hotel em La Paz                                    - US$ 20,00 (casal) 

4. O que ver

A visita a Tiwanaku contempla:

  • - Saída de La Paz do hotel (micro ônibus)   -   8:00h

  • - Chegada a Tiwanaku                               -   9:30h

  • - Visita ao Museu                                      -  9:35h

  • - Visita ao sítio arqueológico                      - 10:10h

  • - Almoço em Tiwanaku                              - 12:30h

  • - Chegada em La Paz                                - 15:00h

Museu

O Museu Regional de Tiwanaku exibe parte de uma importante coleção obtida no sítio, incluindo peças cerâmicas, líticas, metálicas, artefatos fabricados com material ósseo, restos humanos, etc. que foram resgatados em diferentes escavações científicas na área. 

Sítio arqueológico de Tiwanaku

Templo semi subterrâneo

 

 

Conformado com muros de aproximadamente 2,00 metros de profundidade onde estão encravadas 175 cabeças. No centro se encontrava o monolítico Pachamama, que atualmente está na Plaza del Estadio no bairro de Miraflores em La Paz.. O perfeito sistema de drenagem apresenta um preciso declive de 2%.

Porta do Sol

Pesa 10 toneladas, foi encontrada no século XIX e não está na sua posição original. A posição correta não de conhece. Apresenta o Wiracocha - o criador - com os seus dois cetros do poder e seus 48 homens alados. Vários pesquisadores garantem que trata-se de um perfeito calendário solar dedicado principalmente a registrar os ventos agrícolas.

Monolítico Ponce

O monolítico está na área cívico cerimonial de Tiwanaku que é a parte mais importante do sítio arqueológico. Foi encontrado em 06 de março de 1965 a 3 metros abaixo do nível do solo (nível de Tiwanaku antes da enchente do Lago Titikaka). A posição das mãos (uma mostrando a palma e aoutra mostrandos as costas) representa o pensamento filosófico de dar e receber: "Hoje por mim, amanhã por ti." Acredita-se que foi construído entre 630 a 650dC.

Trajeto Tiwanaku - La Paz 

No trajeto de Tiwanaku até La Paz pode-se apreciar as comunidades locais com as propriedades típicas da região com suas habitações, área de cultivo e animais de criação.

A cidade de El Alto, na saída de La Paz, é uma das mais altas do mundo. Está situada a 4090 metros acima do nível do mar.

Informações fornecidas pelo meu irmão Renan Ibañez, descendente dos aymaras.

 

Veja outros povos e culturas:

Tiahuanaco: A cultura mais antiga e importante do pré-colombiano 
Ilha do Sol: A terra onde nasceu o primeiro Inca - Manco Capac
La Paz: Uma das cidades mais alta do mundo e sua cultura  
Machu Picchu: O mais espetacular sítio arqueológico da América do Sul 
Cuzco: A cidade imperial dos incas, o umbigo do mundo
Puno: A beleza e o estilo de vida da ilha flutuante de Uros
Nazca: As famosas linhas de Nazca e seus desenhos gigantes
Pisco: Ilhas Ballestas onde se reproduzem os leões marinhos
Lima: Uma das cidades mais antigas da América do Sul 
Istambul: Antiga Constantinópla na Turquia e suas belas  mesquitas
Jerusalém: A terra santa dos cristãos, judeus e mulçumanos

         
Home
        

Álbum

Paisagens
Pessoas 
Flores
Animais
Moradas
       

Viagens

Brasil

Fernando Noronha
Natal
Florianópolis
Foz do Iguaçu
Pantanal
Chapadas
Bonito
Nordeste
Litoral Sul
Bahia
Rio de Janeiro
São Mateus Sul 
Outros

Peru

Machu Picchu
Cuzco
Nazca
Puno
Pisco
Lima

Bolívia

Tiahuanaco
Ilha do Sol
La Paz

Oriente Médio

Istambul
Jerusalém
Radical
         

TC