A Arte de Viver

abbra.eng.br                                  Valmor  Vieira

Principal       

Magia            Talismãs         Tarô               KamaSutra     Cromoterapia   Numerologia    IChing              SonhoLúcido Orações       

Capacitação  Vivências        Jogos              Cursos           Conferências  Palestras        Livros             

Filosofia        Mensagens I   Mensagens II   Mensagens III  Mensagens IV

Humor              Piadas               Causos          Cartum              

Conheça-me   

E-mail            

Sic volo, sic jubeo, sic pro ratione voluntas

 

O ladrão de machado

 

“Um homem perde seu machado.  Ele desconfia do filho do vizinho e começa a observá-lo.  Seu andar era o de um ladrão de machado;  seu modo de falar correspondia perfeitamente ao de um ladrão de machado. Todos os seus movimentos e todo o seu ser exprimiam claramente o ladrão de machado.  

Ora, ocorre que o homem que havia perdido o machado, ao cavar por acaso a terra no vale, topou com esse instrumento de trabalho. 

No dia seguinte, ele observa novamente o filho do vizinho.  Todos os seus movimentos e todo o seu ser deixaram de ser os de um ladrão de machado”.

 

Autor desconhecido

 

Outras mensagens ...

Home           

Album             Paisagens      Pessoas         Flores             Animais         Moradas        

Viagens        SãoMateus     Florianópolis    Bonito              Chapadas        Pantanal          Bahia             Nordeste           RiodeJaneiro   Istambul         Jerusalém      Outros             Radical         

 

 

  

 

 

 

 

TC