AbbrA 

 
   

A Arte de Viver

AbbrA               - A Arte de Viver  -  35.000 páginas visitadas por dia                -  Filosofia para a sua vida: histórias filosóficas e as               belas mensagens de otimismo ...

Valmor  Vieira

    

Principal

       

Magia

Talismã sagrado
Tarô
Kama Sutra
Cromoterapia
Numerologia
I Ching
Sonhos Lúcidos
Orações e preces
Cristais e pedras
Objetos mágicos
Auto-afirmações
Outros temas
Enigmas
Religiões
         

Capacitação

Vivências
Jogos e testes
Cursos
Conferências
Palestras
Resumos de livros
Dicas especiais
         

Filosofia

Fábulas
Mensagens 
Citações
Poesias 
        

Humor

Cartum
Causos
Piadas
      

Conheça-me

O que dizem..
A sua opinião
Contato

 

Sic volo, sic jubeo, sic pro ratione voluntas

Poesias, versos e prosas

Veja AbbrA CD Filosofia com As Mais Belas Mensagens

Metade 

Que a força do medo que tenho não me
impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo que acredito
não me tape os ouvidos e a boca.
Porque metade de mim é o que eu grito,
mas a outra metade é silêncio.
 

Que a música que eu ouço ao longe seja linda,
ainda que triste.
Que a mulher que eu amo seja sempre amada,
mesmo que distante.
Porque metade de mim é partida
e a outra metade é saudade.
 

Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas
como prece nem repetidas com fervor,
Apenas respeitadas como a única coisa que
resta a um homem inundado de sentimento.
Porque metade de mim é o que eu ouço,
mas a outra metade é o que calo.
 

Que essa minha vontade de ir embora se transforme
na calma e na paz que eu mereço.
Que essa tensão que me corroe por dentro
seja um dia recompensada.
Porque metade de mim é o que eu penso
e a outra metade é um vulcão.
 

Que o medo da solidão se afaste,
que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.
Que o espelho reflita em meu rosto o doce sorriso
que eu me lembro de ter dado na infância.
Porque metade de mim é a lembrança do que fui,
a outra metade eu não sei...
 

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
para me fazer aquietar o espírito.
E que o teu silêncio me fale cada vez mais.
Porque metade de mim é abrigo,
mas a outra metade é cansaço.
 

Que a arte nos aponte uma resposta,
mesmo que ela não saiba.
E que ninguém a tente complicar porque é preciso
simplicidade para fazê-la florescer.
Porque metade de mim é a platéia
e a outra metade, a canção.
 

E que minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é amor e a outra metade... também.

Oswaldo Montenegro 

Outras mensagens e histórias filosóficas

Conheça o seu potencial de liderança e criatividade

AbbrA CD contém muitas outras mensagens, poesias, versos, além das contidas no site. Todos os temas estão no CD. Veja!

O livro Ri de ti mesmo e serás feliz contém quase uma centena de causos ilustrados com humorados cartuns. Veja!

         
Home
        

Álbum

Paisagens
Pessoas 
Flores
Animais
Moradas
       

Viagens

Brasil

Fernando Noronha
Natal
Florianópolis
Foz do Iguaçu
Pantanal
Chapadas
Bonito
Nordeste
Litoral Sul
Bahia
Rio de Janeiro
Gramado
Urubici
Vila Velha
São Mateus Sul 
Outros

Peru

Machu Picchu
Cuzco
Nazca
Puno
Pisco
Lima

Bolívia

Tiahuanaco
Ilha do Sol
La Paz

Oriente Médio

Istambul
Jerusalém
Radical
TC