AbbrA 

 
   

A Arte de Viver

Valmor  Vieira

AbbrA - A Arte de Viver; milhares de páginas visitadas por dia; Treinamento de liderança e criatividade: resumos de  cursos, conferências e palestras; jogos, vivências, exercícios, testes e dicas para a sua formação pessoal e profissional.....

Marcus Vieira

AbbrA
Capacitação
 e treinamento
Exercícios e testes
Jogos Psicológicos
Jogos Intelectuais
Resumo de cursos
Vivências
Dicas especiais
 
Filosofia
Fábulas
Mensagens 
Citações
Poesias 
 
Álbum da
Natureza
Paisagens
Pôr do sol
Flores
Animais
Pássaros
Borboletas
Praias
Moradas
 
Humor

Causos

  Cartoons e fotos

 
Magia
Sonhos lúcidos

Kama Sutra

Orações e preces

Auto-afirmações
Enigmas
Talismã sagrado
 
Radical Demais
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
       
     

Magia

 
  Enigmas, mistérios e  curiosidades  

Os deuses egípcios

 

Osíris: Um dos deuses mais antigo do Panteão Egípcio, pois era adorado já nas primeiras dinastias. Plutarco relata que nos primórdios do Egito OSÍRIS governava com extrema benevolência. Sua chegada propiciou o ensino da agricultura, organização social, do estabelecimento das leis, e também da instituição dos princípios espirituais e religiosos.  

O maldoso deus SETI e outros conspiradores trancaram Osíris em um cofre extremamente selado e jogando-o no mar, perdendo-se nas profundezas.

Diz também a lenda que os pedaços de seu corpo foram dispersos por vários lugares (?).  

Ísis: A esposa de Osíris, a rainha da magia e senhora das poderosas radiações, é a segunda pessoa mais antiga da tríade egípcia. Diz a lenda, que Isis através de um trabalho paciente ficou encarregada de reunir os pedaços dispersos de Osíris, ficando, todavia prisioneira após a morte do esposo.

 

Horus: O deus falcão era filho de Osíris e Isis. Certo dia foi envenenado por uma serpente, fazendo com que sua mãe, atendendo ao conselho de outros deuses, apelasse para o auxílio do BARCO DO CÉU, o qual por sua vez mandou o deus TOTH em seu socorro.

Toth: Era representado por uma Íbis, que se tornou o símbolo da sabedoria para os egípcios. Diz a tradição que foi por seu intermédio que aquele povo conheceu as artes, a arquitetura, a escrita hieroglífica, a medicina, a astronomia, a matemática e ainda outras ciências mais avançadas relativas ao espírito e à alma.

Ptah: Era representado por um estranhíssimo homem mumificado trazendo nas mãos o símbolo da vida, ANKH, e ainda outro exótico aparelho não identificado, talvez um captador de raios telúricos. No Antigo Egito seu nome significava “aquele que abre” e era também considerado como o mestre e patrono absoluto da arquitetura. Representava por vezes os poderes infernais das trevas e da magia, forças muito conjuradas em certas épocas por alguns segmentos da civilização do Nilo.

Anúbis: Anúbis ou Anpu, o guardião das tumbas, era dotado de cabeça de chacal. Segundo Sérgio O Russo, representa a extensão do formidável conhecimento espiritual Atlante. Um antigo texto pesquisado pelos Rosa-Cruzes, anterior a 2000 AC., diz que “ Anúbis é aquele que significa o oculto mistério de Osíris no Sagrado Vale dos Mestres da Vida”. 

Sua missão de mostrar a trilha aos que partiam desta vida lhe valeu o título de “guia dos caminhos”

Imoteph: Sabe-se com certeza que essa divindade foi na verdade um homem: um grande sábio que apareceu misteriosamente no reinado do Faraó Djozer. Graças a ele foram introduzidos notáveis avanços no campo da arquitetura e principalmente nas ciências medicas, a ponto de os próprios gregos mais tarde o reverenciá-lo sob o nome de ESCULÁPIO, o pai da medicina!

Em egípcio arcaico significa “aquele que veio em paz”.

Ainda mais curioso, é que, assim como chegou, desapareceu misteriosamente.

Encontrar a sua tumba – se é que ela existe! – é o sonho dourado de todos os egiptólogos.

As antigas tradições dizem que aquele deus após cumprir sua missão na TERRA, retornou à companhia dos deuses.

 

Nut:  deusa que representava o céu, era significativamente invocada como “ A MÃE DOS DEUSES”. Era representada por uma belíssima mulher, trazendo o disco solar orlando sua cabeça.

No túmulo de TUTANCAMON foi encontrado junto a sua múmia um peitoral no qual era invocado a proteção desta deusa: “Nut minha divina mãe, abre tuas asas sobre mim enquanto brilharem nos céus as imorredouras estrelas”  

 

Bast:  estranhíssima deusa-mulher com rosto de gato. De acordo com a tradição ela era a personificação da alma de ISIS e protetora da sua magia.  

 

 

 

Maat:  deusa da verdade-justiça. Era simbolizada por uma linda mulher ostentando à cabeça uma pena de avestruz. Personificava por excelência um conjunto de severas leis impostas aos egípcios e mais ainda aos seus governantes desde tempos imemoriais.

   

 

Hator: A CASA DA REGIÃO SUPERIOR. Ela era a deusa mais antiga do Egito, associada a OSÍRIS e também ao CÉU. Foi adorada como uma divindade CÓSMICA e também identificada com a estrela SIRIUS!.

As lendas relatam que RA, furioso certo dia com a incontinência dos homens, reuniu o CONSELHO DOS DEUSES e estes deliberaram que fossem castigados por HATOR, a qual numa fúria sem par massacrou todos os habitantes da Terra!

Informações:Tehuti Research Foundation http://www.egypt-tehuti.org e

Do livro “Nas Fronteiras do Desconhecido” de Sérgio O Russo - Ediouro

Outros enigmas

Temas Mágicos:

Talismã sagrado 

 O poder mágico dos talismãs e dicas para o ritual de consagração 

Sonhos lúcidos

 Orientações sobre a  maravilhosa arte de sonhar consciente

Kama Sutra

 A antiga arte hindu do sexo e do êxtase

Orações e preces

 Dezenas de orações e preces poderosas e  misteriosas

Auto-afirmações 

 As minhas auto-afirmações positivas

Enigmas

 Enigmas e curiosidades que desfiam a nossa imaginação 

Cristais e pedras

 As suas propriedades no plano físico, mental e espiritual

Numerologia

 O poder e o significado dos números

I Ching

 Instruções para usar o mais antigo livro de adivinhação

As cartas do tarô

 O livro da sabedoria. Conheça a sua carta pessoal anual

Cromoterapia

 A influência e o significado das cores

"O homem influi na natureza pela ação, nos outros homens pela palavra; e eleva-se à Deus pela prece e pelo êxtase."

Papus

     

Esta página estará sendo constantemente atualizada.

Visite-a com freqüência e confira as novidades.

 

Conheça o seu potencial de liderança e criatividade

 

 

 Viagens 
Meu Brasil
Fernando Noronha
Foz do Iguaçu
Rio de Janeiro
Florianópolis
Pantanal
Chapadas brasileiras
Nordeste do Brasil
Litoral Sul do Brasil
Bahia
Bonito
Gramado e Canela
Outros 50 Locais
 América do Sul 
Argentina
Buenos Aires
Bariloche
Península Valdez
Bolívia
Tiahuanaco
Ilha do Sol
La Paz
Chile
Puerto Varas
Pucon
Viña del Mar
Santiago
Cordilheira dos Andes
Lima
Paraguai
Assunção
Ciudad del Este
Peru
Machu Picchu
Cuzco
Nazca
Puno
Pisco
Lima
Uruguai
Montevideo
Colonia Sacramento
Punta del Este
Venezuela
Caracas
Isla Margaritas
Parque Morrocoy
Mérida
Los Llanos
 Outros países 
Grécia
Atenas
Mykonos
Santorini
Ilha de Creta
Israel
Jerusalem
Turquia
Istambul
Capadócia
 Minhas Viagens  
 Inesquecíveis  
 
 

Sic volo, sic jubeo, sic pro ratione voluntas