AbbrA 

 
   

A Arte de Viver

Valmor  Vieira

AbbrA - A Arte de Viver; milhares de páginas visitadas por dia; Treinamento de liderança e criatividade: resumos de  cursos, conferências e palestras; jogos, vivências, exercícios, testes e dicas para a sua formação pessoal e profissional.....

Marcus Vieira

AbbrA
Capacitação
 e treinamento
Exercícios e testes
Jogos Intelectuais
Resumo de cursos
Vivências
Dicas especiais
 
Filosofia
Fábulas
Mensagens 
Citações
Poesias 
 
Álbum da
Natureza
Paisagens
Pôr do sol
Flores
Animais
Pássaros
Borboletas
Praias
Moradas
 
Humor

Causos

  Cartoons e fotos

 
Magia
Sonhos lúcidos

Kama Sutra

Orações e preces

Auto-afirmações
Enigmas
Talismã sagrado
 
Radical Demais
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Empreendedorismo

e

Treinamento de Líderes

Dicas especiais

     

Para não ficar sozinho

 

·   Diálogo —   às vezes, os casais acham que se conhecem t~o bem que não precisam nem revelar pensamentos. Basta um olhar. Mas a comunicação verbal, de forma clara e objetiva, ainda é o melhor caminho.

·   Cumplicidade — o casamento deve ser uma área de segurança e abastecimento afetivo. E necessário espaço para discutir amor, ódio, fracasso e sucesso. Faz parte desse processo estimular o parceiro a crescer.

·   Dedicação — grande parte dos desajustes decorre da dependência dos cônjuges em relação a suas famílias. Não deixar as sogras interferirem na relação cio casal é tão importante quanto se dar bem com elas.

·   Individualidade — Por mais que se compartilhe interesses e atividades, é essencial cada um manter seu espaço. Cada um tem de ser o complemento e não a extensão do outro. Faz parte do jogo aceitar a história e os segredos dos parceiros.

·   Sexo — quanto mais prazer o casal tiver na cama, mais feliz será. A satisfação sexual é um dos aspectos mais ambicionados e enriquecedores do relacionamento adulto.

·   Paciência — achar que o casamento é um mar de rosas é pura baleia. Conflitos são inevitáveis e o casal precisa estar ciente dessa realidade desde o início. Paciência para tentar corrigi-los é fundamental.

·   Apoio — fazer de tudo para manter o desejo e a admiração mesmo em idade avançada é bom. De vez em quando, é importante reafirmar o que um sente pelo outro e ajudar o companheiro a manter a sua auto-estima.

·   Amizade — não é aconselhável viver eternamente isolado. Ter um grupo de bons amigos serve como referência para checar se a relação vai bem e dividir experiências.

·   Filhos — o casal deve alargar a relação para incluí-los. Mas, de forma alguma, deixar a relação ser dominada por eles. Quando isso acontece, o casamento esvazia, perde atrativos e se resume a tarefas de maternidade e paternidade.

·   Felicidade — a relação a dois deve representar uma fonte de prazer, felicidade e alegria. Isso não quer dizer que o casal deva viver em eterna serenidade. Uma briguinha aqui outra ali até evita o tédio, o pior inimigo do casamento.

 Fonte: Dr GIey P. Costa, psicanalista, autor do livro “A cena conjugal”.

 
 
     

Esta página estará sendo atualizada. Visite-a com freqüência e confira as novidades. 

 
     
  Veja outros jogos, dicas e testes  
     
 

Vamos nos divertir um pouco??!!!

 
     
     

 

 Viagens 
Meu Brasil
Fernando Noronha
Foz do Iguaçu
Rio de Janeiro
Florianópolis
Pantanal
Chapadas brasileiras
Nordeste do Brasil
Litoral Sul do Brasil
Bahia
Bonito
Gramado e Canela
Outros 50 Locais
 América do Sul 
Argentina
Buenos Aires
Bariloche
Península Valdez
Bolívia
Tiahuanaco
Ilha do Sol
La Paz
Chile
Puerto Varas
Pucon
Viña del Mar
Santiago
Cordilheira dos Andes
Lima
Paraguai
Assunção
Ciudad del Este
Peru
Machu Picchu
Cuzco
Nazca
Puno
Pisco
Lima
Uruguai
Montevideo
Colonia Sacramento
Punta del Este
Venezuela
Caracas
Isla Margaritas
Parque Morrocoy
Mérida
Los Llanos
 Outros países 
Grécia
Atenas
Mykonos
Santorini
Ilha de Creta
Israel
Jerusalem
Turquia
Istambul
Capadócia
 Minhas Viagens  
 Inesquecíveis  
 

Sic volo, sic jubeo, sic pro ratione voluntas