AbbrA 

 
   

A Arte de Viver

Valmor  Vieira

AbbrA - A Arte de Viver; milhares de páginas visitadas por dia; Treinamento de liderança e criatividade: resumos de  cursos, conferências e palestras; jogos, vivências, exercícios, testes e dicas para a sua formação pessoal e profissional.....

Marcus Vieira

AbbrA
Capacitação
 e treinamento
Exercícios e testes
Jogos Intelectuais
Resumo de cursos
Vivências
Dicas especiais
 
Filosofia
Fábulas
Mensagens 
Citações
Poesias 
 
Álbum da
Natureza
Paisagens
Pôr do sol
Flores
Animais
Pássaros
Borboletas
Praias
Moradas
 
Humor

Causos

  Cartoons e fotos

 
Magia
Sonhos lúcidos

Kama Sutra

Orações e preces

Auto-afirmações
Enigmas
Talismã sagrado
 
Radical Demais
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Empreendedorismo

e

Treinamento de Líderes

Dicas especiais

     

Cuidando do seu Stress

 

As seguintes técnicas evoluíram no decorrer dos anos e provaram êxito no alívio da tensão. Baseiam-se em duas abordagens:

1.      Controle mais eficaz das fontes de estresse.

2.      Criação de um escoadouro para alívio da tensão.

 

CITE SUA(S) MAIOR(ES) FONTE(S) DE TENSAO EM CASA:

 

 

CITE SUA(S) MAIOR(ES) FONTE(S) DE TENSÃO NO TRABALHO:

 

 

CITE SUA(S) MAIOR(ES) FONTE(S) DE TENSÃO NA VIDA SOCIAL:

 

 

CITE COMO LIDA COM AS TENSÕES QUE SURGEM DE VEZ EM QUANDO E NO MÍNIMO TRES FORMAS DE LIDAR COM OS AGENTES DE “ESTRESSE” (você pode discutir as idéias com amigos ou parentes):

 

 

Escreva uma carta: você não a enviará, mas expresse exatamente o que sente em relação ao agente estressante. Seja lavar os pratos ou o comportamento de um companheiro ou mãe em determinada ocasião, desabafe todos os seus sentimentos. Escreva todas as coisas horríveis que gostaria de dizer, mas nunca o fez. 

Aceite-se. diga a si mesmo que todos têm pensamentos mesquinhos e que, se os enterrar, eles não irão embora. Envenenarão, o espírito. Mime-se. Se descansar bem e relaxar, poderá enfrentar melhor as situações. É melhor manter um bom conceito sobre si e ser acusado de egoísta do que um autoconceito baixo e descobrir que os outros aceitam sua própria avaliação. Esse é o caminho para a depressão e o estresse. Se você se amar, conseguirá ser mais amada pelos outros. 

Não seja mártir: aprenda a delegar responsabilidades. Treinar e motivar outros a desempenhar tarefas costumeiramente executadas por você pode reduzir sua carga horária no futuro. Isso vale em casa e no trabalho. 

Pense na comunicação: se você nunca resolveu os conflitos de infância, talvez esteja na hora de revelar o que realmente sente. Não precisa colocar as pessoas na defensiva, dizendo: “Você me deixa tão furiosa quando.. . “, ou: “Não gosto quando você. . ’ Ao contrário, seja franco e diga:

“Gostaria que agisse de outra maneira porque. . . “, ou:

“Considere meus sentimentos quando. . . “, e comunique à pessoa de uma forma gentil como suas atitudes o afetam.

Tome uma decisão: é melhor tomar a decisão errada do que evitar qualquer decisão. Você precisa decidir agora se é A ou B. Todos podem pensar em bons motivos dos dois lados. Mas, se você esperar uma garantia de 100 por cento, esperará para sempre. Portanto, decida-se. Tome a decisão e leve-a a cabo. Um erro pode ser corrigido; contudo, a indecisão que causa tensão pode prejudicar o cérebro e o corpo. 

Não exagere os detalhes: pode-se fornecer detalhes, porém às vezes a preocupação sobre coisas pequenas leva a pensar pequeno. Algumas pessoas ficam tensas porque se afogam em detalhes e se perdem, preocupando-se com eles. 

Não insista em vencer: todos perdem alguma vez, e você não é diferente de ninguém. Às vezes, ganhamos mais perdendo e repetindo a tentativa do que vencendo. 

Identifique suas metas: Estabeleça suas metas pessoais e profissionais para amanhã, um ano e dez anos. 

Não espere a ruína abater-se sobre você. se estiver ansioso por algo e não conseguir livrar-se da ansiedade, tente antecipar o evento que o deixa tenso de modo a livrar-se dele. Note que sobreviveu à experiência e pense nisso da próxima vez que se preocupar com uma ocorrência futura. 

Durma o suficiente: descubra suas próprias necessidades de sono — sejam quatro ou dez horas por noite. Nenhum cérebro funciona direito com o corpo fatigado. 

Relaxe assim que se cansar: se esperar até ficar completamente exausto, ficará tenso e será mais difícil recuperar-se. 

Lembre-se de que sexo pode lazer bem ao cérebro: estudos revelam que o estímulo sexual libera endorfinas no cérebro e não só alivia a tensão, mas também a dor da artrite e outras enfermidades. Estudos com animais mostram que a estimulação dos genitais aumenta o metabolismo cerebral. Assim, se você precisa de uma boa desculpa para ter sexo, aí está. O sexo ajuda-o a sentir-se melhor. 

Pare de inventar desculpas: como expusemos várias vezes, o cérebro possui poderes espantosos que permanecem vitais, caso você continue a exercitá-los até uma idade avançada. Não se concentre nos “se ao menos” e “eu faria, mas”.

Não se pode trocar de pais, local de nascimento, irmãos ou talentos — mas sim tirar o máximo proveito do que se tem. Entre em ação! 

Do excelente livro Como Desenvolver o Poder da Mente de Arthur Winter, M.D. Ruth Winter - Editora Cultrix

 
 
     

Esta página estará sendo atualizada. Visite-a com freqüência e confira as novidades. 

 
     
  Veja outros jogos, dicas e testes  
     
 

Vamos nos divertir um pouco??!!!

 
     
     

 

 Viagens 
Meu Brasil
Fernando Noronha
Foz do Iguaçu
Rio de Janeiro
Florianópolis
Pantanal
Chapadas brasileiras
Nordeste do Brasil
Litoral Sul do Brasil
Bahia
Bonito
Gramado e Canela
Outros 50 Locais
 América do Sul 
Argentina
Buenos Aires
Bariloche
Península Valdez
Bolívia
Tiahuanaco
Ilha do Sol
La Paz
Chile
Puerto Varas
Pucon
Viña del Mar
Santiago
Cordilheira dos Andes
Lima
Paraguai
Assunção
Ciudad del Este
Peru
Machu Picchu
Cuzco
Nazca
Puno
Pisco
Lima
Uruguai
Montevideo
Colonia Sacramento
Punta del Este
Venezuela
Caracas
Isla Margaritas
Parque Morrocoy
Mérida
Los Llanos
 Outros países 
Grécia
Atenas
Mykonos
Santorini
Ilha de Creta
Israel
Jerusalem
Turquia
Istambul
Capadócia
 Minhas Viagens  
 Inesquecíveis  
 

Sic volo, sic jubeo, sic pro ratione voluntas